Guia dos Elementos

Nióbio - Nb

niobio niobio niobio niobio niobio
aplicações/informações
niobio niobio niobio niobio niobio niobio
Clique nas imagens para ampliar.

Apresentação

O nome é derivado de Niobe que na Mitologia Grega é filha de Tantalus, por ser muito semelhante ao Tantalio. Antigamente era conhecido como Columbium. Foi descoberto por C. Hatchett in 1801 mas o metal somente foi isolado em 1864 por C.W. Blomstrand por redução do cloreto de nióbio com hidrogênio. Hoje é obtido pela redução do Nb2O5 com alumínio. Suas propriedades químicas são muito similares ao Tantalio e sua separação deste só é possível com a utilização de solventes orgânicos como a metilisobutilcetona. É um metal branco prateado, brilhante, estável ao ar e não é atacado por HCl, H2SO4 e HNO3. Dissolve-se facilmente na mistura de HNO3/HF.

Características principais

O nióbio é um metal dúctil, cinza brilhante, que passa a adquirir uma coloração azulada quando em contato com o ar em temperatura ambiente após um longo período. Suas propriedades químicas são muito semelhantes às do tântalo (elemento químico), que está situado no mesmo grupo.
O metal começa a oxidar-se com o ar a 200°C e seus estados de oxidação mais comuns são +2, +3 e +5.

Aplicações

O nióbio apresenta numerosas aplicações. É usado em alguns aços inoxidáveis e em outras ligas de metais não ferrosos. Estas ligas devido à resistência são geralmente usadas para a fabricação de tubos transportadores de água e petróleo a longas distâncias.
• Usado em indústrias nucleares devido a sua baixa captura de neutrons termais.
• Usado em soldas elétricas.
• Devido a sua coloração é utilizado, geralmente na forma de liga metálica, para a produção de joias como, por exemplo, os piercings.
• Quantidades apreciáveis de nióbio são utilizados em superligas para fabricação de componentes de motores de jatos , subconjuntos de foguetes , ou seja, equipamentos que necessitem altas resistências a combustão. Pesquisas avançadas com este metal foram utilizados no programa Gemini.
• O nióbio está sendo avaliado como uma alternativa ao tântalo para a utilização em capacitores.

O nióbio se converte num supercondutor quando reduzido a temperaturas criogênicas. Na pressão atmosférica, tem a mais alta temperatura crítica entre os elementos supercondutores, 9,3 K. Além disso, é um dos três elementos supercondutores que são do tipo II ( os outros são o vanádio e o tecnécio ), significando que continuam sendo supercondutores quando submetidos a elevados campos magnéticos.

<< Voltar
Criação & Design: Estúdio Marambaia